GRUPO ESCALET DE TEATRO

Fundado em 1987 por jovens florianenses, o grupo ESCALET tem uma trajetória de 22 anos de serviços prestados para a comunidade piauiense, seja participando de festivais e mostras de teatro ou desenvolvendo atividades sócio-culturais.

Em 1992 sob a direção de cena da Atriz Lorena Campelo, o grupo estreou o seu primeiro espetáculo na capital teresinense "A arvore dos mamulengos" de autoria de Vital Santos, e em 1996 com o espetáculo "Divina Comédia Humana" César Crispim foi escolhido como ator revelação na XIV Mostra de Teatro do Piauí.

Com muita persistência o grupo vem conquistando seu espaço no cenário artístico piauiense, pois é o grupo que estar a mais tempo em cena de forma ininterrupta no interior do estado. Tendo participado de festivais de teatro nos estados do Paraná, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, São Paulo e Piauí. Suas principais montagens foram: A Árvore dos Mamulengos, A Menina e o Boizinho, A Bruxinha que era boa, O Castelo Ra-tim-bum, O Mágico de Oz, Os fiéis, Quem Tem Medo da Solidão, A Mais Forte, Desperte Qualidade, Paixão de Cristo, Auto de Natal, São Francisco e Porque contamos estórias.

Destacado-se no desenvolvimento de atividades sociais trabalhando crianças e adolescentes, através da cultura, mantendo-os fora da zona de risco, promovendo o crescimento da cultura piauiense de forma ativa e permanente.

Estima-se que mais de dois milhões de espectadores já assistiram as apresentações do grupo ao longo desses anos, em cincos estados e 63 cidades.

Recebeu em 2001 e 2002 a Comenda de Mérito Cultural do Governo do Estado do Piauí pelo excelente desempenho junto à cultura e da Federação de Teatro de Minas Gerais pelo auxilio no desenvolvimento da cultura através de espetáculos ali apresentados. No Estado do Paraná o grupo foi escolhido como a melhor linguagem cênica do Brasil. Na XIV Mostra de Teatro do Piauí/1996, César Crispim foi escolhido ator revelação; No I Festival Nordestino de Teatro/2001 o espetáculo "A bruxinha que era boa" de Maria Clara Machado foi premiado como melhor direção, ator, ator revelação, atriz coadjuvante, atriz revelação, cenário e texto. Durante a XVII Mostra de Teatro do Piauí/2002 receberam a indicação de melhor texto, melhor atriz coadjuvante, melhor cenário, com o espetáculo "Quem Tem Medo da solidão". No II Festival Nordestino de Teatro/2002 é premiado com: melhor atriz, melhor atriz coadjuvante, melhor cenário, melhor espetáculo, também com o espetáculo "Quem Tem Medo da solidão”. No XIII Concurso Nacional de Monologo "Ana Maria Rego"/2005 receberam o premio de melhor sonoplastia, com o espetáculo "A Mais Forte". Em 2008, o espetáculo “A Mais Forte” foi escolhido como melhor espetáculo, melhor atriz coadjuvante, melhor iluminação, melhor direção e melhor proposta cênica, no II Festival de Teatro “Eu sou daqui”.

PARCEIROS





















Cultura Viva ao Alcance de Todos

















  MURAL DE RECADOS:
17/03/2014 às 06:44 h
João Reis: Muito bom esse concurso!
15/03/2013 às 19:40 h
Carlos: Gyselle com certeza vai arrasar!
02/03/2013 às 06:26 h
Rafaell : Gospel Mix de Volta
02/03/2013 às 06:25 h
Magali: Cada os Dj's Xandão e Momo aonde eles se encontram??
02/03/2013 às 06:24 h
fernando: Gospel Mix de volta
Págs.: 1 2  3 

  Deixe seu recado: