A SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA DO PIAUÍ E O ESCÂNDALO LEGALIZADO TEATRO PROMO

09/05/2007 - 14h18min

Com objetivo de promover o teatro, dança e circo na cidade de Oeiras a Secretaria de Estado de Cultura do Piauí e o Escândalo Legalizado de Teatro estão realizando oficinas na área, tendo como público principal alunos da rede pública de ensino e comunidade em geral.


As oficinas oferecidas partem do princípio que permeia o fortalecimento da cultura dentro da sala de aula e expande-se para o mundo, a criação de novos saberes e fazeres culturais aliada a formação de novos grupos culturais, evidenciando a qualidade cênica e valorizando o artista local.


Dividida em três partes, independentes entre si, mas que se entrelaçam na formação do artista, a iniciativa oferece oficinas de Teatro Iniciante, Interpretação e Direção para Teatro, em seu primeiro módulo, e revelará os princípios básicos para uma boa montagem de espetáculo teatral, aperfeiçoando o que já existe e despertando o educando para a criação de nova possibilidades.


“O que se busca é compreender o universo da criança e adolescente, levando-o a acreditar em outras formas de transmitir suas necessidades e anseios. O Teatro tem dado provas que é um forte veículo de transformação social, o que nos fortalecer para envolver a garotada visando dar novos sentidos à vida”, esclarece Karina Batista, uma das oficineiras do projeto.


Outro mote do projeto é a Dança, que contribuirá na formação de novas descobertas no que tange a criação de números, espetáculos e performances de dança, também voltada para a classe estudantil, pretende-se visualizar o que o corpo é capaz de falar com seus gestos e sentimentos, também é uma excelente ferramenta a serviço da educação e cultura, contribuindo decisivamente com o social.


Alisson Rocha, outro oficineiros da inciativa, afirma: “A dança, seja de rua ou moderna, produz novos movimentos que, entrelaçados ao pensamento e ao desejo de edificar diferentes possibilidades criativas despertam no cognitivo uma imensa vontade de participar da vida de maneira mais presente, responsabilizando-se pelos seus atos, pois, a partir do momento em que se cria se compromete e é isso o que nosso educando precisa”.


A terceira parte fala do circo, essa arte milenar que vem se mantendo há muito séculos e valorizando a vida como forma de diálogo com outros fazeres culturais, pouco há que não se entrelace a esta arte, que não a aborde ou a consuma, são os malabares, tecido aéreo, clown, perna-de-pau, que sempre fazem do artista circense um ser especial.


Iraci Costa possui grande experiência na aera e é uma da oficineiras do projeto, para ela “o circo é fundamento na vida da criança e adolescente, devido o referencial imaginário infanto-juvenil que a ação provoca. Não sonhar ou imaginar é como tirar o direito de ser feliz e isso o circo sabe fazer muito bem?”.


As oficinas seguiram até final de maio, na cidade de Oeiras/PI, são oferecidas para o público em geral e, especialmente, para alunos da rede pública de ensino, tem como realizadores a Secretaria de Estado de Cultura do Piauí e o Grupo Escândalo Legalizado de Teatro de Floriano/PI. Informações – (89) 99419 1808.

PARCEIROS

Cultura Viva ao Alcance de Todos





































  MURAL DE RECADOS:
17/03/2014 às 06:44 h
João Reis: Muito bom esse concurso!
15/03/2013 às 19:40 h
Carlos: Gyselle com certeza vai arrasar!
02/03/2013 às 06:26 h
Rafaell : Gospel Mix de Volta
02/03/2013 às 06:25 h
Magali: Cada os Dj's Xandão e Momo aonde eles se encontram??
02/03/2013 às 06:24 h
fernando: Gospel Mix de volta
Págs.: 1 2  3 

  Deixe seu recado: